Trio luso eliminado à porta do quadro principal no Del Monte Lisboa Belém Open

LISBOA — Ao contrário de Gonçalo Oliveira, que conseguiu ultrapassar o qualifying do Del Monte Lisboa Belém Open, os outros três tenistas portugueses que foram a jogo na terra batida do CIF — Club Internacional de Foot-Ball na manhã desta segunda-feira acabaram eliminados na ronda de acesso ao quadro principal da etapa lisboeta do ATP Challenger Tour.

Logo pela manhã, Pedro Araújo (582.º classificado no ranking ATP) perdeu por 7-6(0) e 6-2 com Javier Barranco Casano (316.º). O jovem lisboeta dispôs de dois set points quando o espanhol serviu a 4-5, mas não conseguiu aproveitá-los e pagou a fatura daí para a frente, nunca mais conseguindo dar a réplica necessária para quebrar a resistência do adversário.

Depois, Duarte Vale (507.º) — que na véspera somou a terceira vitória da carreira a este nível — cedeu perante Oriol Roca Batalla (303.º), espanhol que aproveitou a maior experiência na terra batida para vencer por 6-3 e 6-3.

A fechar a ação no que diz respeito ao qualifying, Jaime Faria (700.º) não conseguiu encontrar soluções para superar Luca Van Assche, jovem de apenas 18 anos que já é o número 289 do ranking ATP e que em 2021 conquistou o torneio júnior de Roland-Garros e chegou a número um da hierarquia mundial de sub 18. O tenista francês já está noutro nível e comprovou-o ao vencer por 6-1 e 6-1.

Com estes resultados, o Del Monte Lisboa Belém Open passou a contar com cinco jogadores “da casa” no quadro principal, com Gonçalo Oliveira a juntar-se aos compatriotas Gastão Elias (o único com entrada direta), Frederico Silva, João Domingues e Pedro Sousa.

Conferência de imprensa de Duarte Vale:

Conferência de imprensa de Jaime Faria:

Conferência de imprensa de Pedro Araújo:

Total
28
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
28
Share