Teichmann entrega liderança à Suíça e título da BJK Cup está a uma vitória de distância

GLASGOW — O primeiro encontro do grande dia sorriu à Suíça e o ‘fantasma’ da final anterior está cada vez mais próximo de ser apagado. A seleção europeia viu-se bem representada por Jil Teichmann (35.ª), que ainda foi levada ao limite por Storm Sanders (237.ª) mas que ao cabo de quase duas horas e meia entregou o primeiro e valioso ponto para as helvéticas na decisão partilhada com a Austrália.

De regresso às escolhas da capitã nos singulares cinco dias depois, Teichmann começou por liderar confortavelmente a tarefa no primeiro parcial e sem motivos para alarme fechou-o à segunda oportunidade. Após duas trocas de break Sanders conseguiu reagir e desenvencilhar-se e à terceira tentativa igualou as contas. Mas a mais cotada das jogadoras evitou novos estragos e voltou a ser mais forte no que restou da partida para assinar os parciais de 6-3, 4-6 e 6-3 entre lágrimas de alegria.

Trilhado metade do caminho para se tornar a mais recente campeã da Billie Jean King Cup, a Suíça pode concretizar o sonho em Glasgow já no próximo confronto de singulares e é à número um do país, Belinda Bencic (12.ª), que cabe a missão de bater a australiana Ajla Tomljanovic (33.ª) para confirmar a festa do título numa Emirates Arena próxima da lotação máxima.

Total
14
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
14
Share