Após título em Turim, Djokovic relembra: “Ainda existe uma grande fome de vencer títulos”

Novak Djokovic (8.º) encerrou este domingo uma temporada atribulada com o melhor desfecho possível e ergueu em Turim o sexto título do ATP Finals depois de derrotar Andrey Rublev (4.º) por 7-5 e 6-4. Nas declarações que se seguiram à vitória que lhe permitiu igualar o recorde de Roger Federer, o sérvio revelou que a longa espera aumentou a sua motivação.

“Ter esperado sete anos para voltar a vencer este título torna tudo ainda mais doce e grandioso. Sete anos é muito tempo”, começou por declarar o jogador de Belgrado em alusão ao período que o separava do último título nesta competição, em 2015.

Revelou também que a estratégia correu de feição e explicou como conseguiu contornar os obstáculos apresentados pelo norueguês: “Estou muito satisfeito pela forma de como joguei, tentei fazê-lo sempre correr, fui muito agressivo e tudo resultou na perfeição. Sinto-me feliz com a minha performance.”

“Não sei o que o futuro espera, mas sei que dentro da minha mente existe ainda uma grande fome de continuar a vencer títulos. Fazer história neste desporto, competir ao mais alto nível por todo o mundo e trazer boas emoções aos fãs do desporto. É isso que me conduz”, relembra o campeoníssimo que vai subir ao quinto posto da tabela hierárquica.

Total
8
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
8
Share