Frederico Silva falha conquista do título em Kobe após batalha de quase três horas

Frederico Silva (291.º) teve nas mãos a hipótese de somar o primeiro título da carreira no ATP Challenger Tour dois anos depois da final perdida em São Paulo, mas o sucesso voltou a não estar do lado do português. Ao fim de uma tremenda disputa de quase três horas, viu Yosuke Watanuki (195.º) fazer a festa em casa através de uma reviravolta assinada por 6-7 (3), 7-5 e 6-4, que lhe permitiu sagrar-se campeão em Kobe.

Focado a juntar-se à grelha de campeões portugueses no circuito secundário, Silva deu o primeiro passo após resistir a um duro parcial de abertura, resolvido apenas nos momentos finais. Mas o nipónico estava longe de dar o encontro como perdido e foi no limite que restabeleceu a igualdade num segundo set bastante balanceado. O derradeiro parcial seguiu um rumo idêntico e o português continuou a não ter chances de fazer o break. Por outro lado, Watanuki reafirmou-se e à terceira oportunidade de encerrar a partida foi feliz.

Anulada a oportunidade de ouro de Frederico Silva somar o primeiro título da carreira a nível Challenger, o jogador das Caldas da Rainha adia o sonho após duas finais perdidas. Mantém-se nas ilhas japonesas e ruma agora a Yokkaichi, onde é o único representante nacional e com acesso direto ao quadro principal.

Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
2
Share