Itália desfalcada surpreende e chega às meias-finais da Taça Davis

Diego Souto/ Quality Sport Images / Kosmos Tennis

Duas lesões afastaram Jannik Sinner e Matteo Berrettini da seleção, mas mesmo desfalcada dos seus dois melhores jogadores a Itália conseguiu surpreender e carimbou, na tarde desta quinta-feira, o apuramento para as meias-finais da Taça Davis, cuja fase final acontece em Málaga.

O conjunto transalpino consumou a vitória sobre os Estados Unidos da América no par decisivo (o primeiro da semana), com Fabio Fognini e Simone Bolelli a derrotarem Jack Sock e Tommy Paul por 6-4 e 6-4.

Antes, os dois países dividiram pontos nos singulares: no primeiro, Lorenzo Sonego agigantou-se e superou Frances Tiafoe por 6-3 e 7-6(7), mas depois Taylor Fritz conseguiu confirmar o ligeiro favoritismo perante Lorenzo Musetti e, com os parciais de 7-6(8) e 6-3, igualou a contenda.

Assim, foi necessário um encontro de pares para fazer o que Austrália (na terça-feira) e Croácia (na quarta-feira) tinham conseguido nos singulares: garantir o bilhete para as meias-finais da Taça Davis, que serão as primeiras da Itália na competição desde 2014.

Os próximos adversários do conjunto europeu serão conhecidos ainda nesta jornada, com o confronto entre a Alemanha e o Canadá.

Total
18
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
18
Share