Henrique Rocha cai na ronda de acesso ao quadro principal do Maia Open

Sara Falcão/FPT

MAIA – Henrique Rocha (877 do ranking ATP) ficou esta segunda-feira à porta do quadro principal do Maia Open ao perder contra o búlgaro Alexandar Lazarov (303.º) com os parciais de 7-5 6-4.

Ainda não foi desta para o jovem maiato de 18 anos, que depois dos Oeiras Open 2 de 2021 e 2022 e do Porto Open da presente época voltou a ficar a uma vitória de ingressar no quadro principal de um torneio do ATP Challenger Tour.

Desta vez o triunfo não andou longe, mesmo com a derrota em apenas dois sets, já que depois de uma entrada em jogo fulgurante serviu a 5-4 para encerrar o primeiro parcial, cedendo de seguida os derradeiros três jogos do set inaugural.

No segundo parcial foi o português a andar atrás do marcador, ainda igualou a quatro jogos, mas o maior hábito do búlgaro nestas ocasiões acabou por prevalecer, bem como a maior capacidade de improvisar nos momentos mais apertados do duelo – excelente utilização de Lazarov do amortie de esquerda nessas circunstâncias, cortando com a elevada intensidade de Rocha na linha de fundo.

Os pontos importantes foram, aliás, um entrave na concretização do triunfo do jogador da casa – que voltou a contar com apoiantes entusiastas nas bancadas do Court Central do Complexo Municipal de Ténis da Maia -, que amealhou somente três breaks em nove chances.

Apesar da derrota, Henrique Rocha sai da competição de singulares do Maia Open com a quarta vitória da carreira no circuito Challenger, a primeira a jogar em casa, e como o próprio referiu ontem em conferência de imprensa com um sorriso na cara depois de resultados menos bons nas últimas semanas. A confiança ficou, assim, reforçada para a temporada que se avizinha. Temporada que só será o foco das atenções quando concluída a prova, já que vai jogar pares com o irmão Francisco Rocha.

Total
30
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
30
Share