A brilhar em Melbourne, Shelton sonha com o canudo: “Quero acabar a licenciatura”

Ben Shelton (89.º) está a protagonizar o percurso mais surpreendente da semana e é enquanto maior revelação do Australian Open que sonha esta quarta-feira com um possível apuramento para as meias-finais do torneio. Aos 20 anos, as primeiras semanas que vive fora dos Estados Unidos estão a deixá-lo maravilhado, mas o sucesso no ténis não é o seu único foco: a conclusão do curso de finanças é uma meta a riscar nos próximos meses.

“Nada me fará mudar de ideias, quero acabar a licenciatura e isso é muito importante para mim. Tenho andado a avançar nas aulas de forma mais lenta e por isso tem sido fácil conciliar. Ainda não tive exames, mas vai ser engraçado quando coincidirem com os meus encontros”, explicou em conferência de imprensa o jovem de Atlanta, que foi colega de Duarte Vale na Universidade da Flórida.

E o seu terceiro ano de licenciatura coincide com a ‘explosão’ no circuito profissional, após ter largado o College. Nem os seus maiores sonhos faziam crer que estaria a lutar pelo apuramento para as meias-finais em Melbourne Park e frisou que a ausência total de pressão contribuiu para a sua campanha de sonho: “Entrei no avião sem grandes expectativas, ainda por cima nunca tendo estado fora do meu país. Isso acabou por contribuir para o meu sucesso, é uma mistura de felicidade com surpresa. Tem sido uma semana muito especial.”

Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
2
Share