Frederico Silva volta ao circuito Challenger com triunfo em Ottignies-Louvain-la-Neuve

Duas semanas depois de não ter ido além da primeira eliminatória da fase de qualificação do Australian Open, Frederico Silva (202.º) regressou da melhor maneira ao circuito secundário e foi com uma vitória em dois sets que fez a estreia em Ottignies-Louvain-la-Neuve.

O jogador das Caldas da Rainha trilhou um arranque fulminante frente ao italiano Raul Brancaccio (145.º), mas de seguida ainda viu ameaçado o comando da partida. Mas resistiu às investidas finais do mais bem cotado para ao fim de cerca de hora e meia rumar à segunda eliminatória por 6-0 e 7-6 (4).

Três quebras de serviço sem resposta não poderiam dar melhor arranque a Silva na partida e sem enfrentar quaisquer hipóteses de break selou o primeiro set com um ‘pneu’ categórico. Brancaccio reagiu da melhor maneira ao deslize e por duas vezes esteve a liderar o rumo dos acontecimento no segundo parcial. Todavia, o jogador luso negou-lhe as chances e no tie-break voltou a ser mais eficaz.

A bater à porta do regresso ao top 200 mundial, Frederico Silva segue para a segunda eliminatória da prova belga. Ainda não sabe o nome do seu próximo adversário, mas tem sérias hipóteses de encarar a maior estrela da semana no ATP Challenger Tour: David Goffin (50.º), que desistiu na véspera da estreia no Australian Open devido a uma indisposição. Para isso, o antigo número sete mundial precisa de afirmar o favoritismo diante do alternate Kimmer Coppejans (220.º).

Total
30
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
30
Share