Khachanov vence encontro encurtado e estreia-se nas meias-finais do Australian Open

O russo Karen Khachanov apurou-se, na madrugada desta terça-feira, para as meias-finais do Australian Open após beneficiar da desistência de Sebastian Korda quando já liderava por dois sets e um break.

O número 20 mundial liderava o encontro por 7-6(5), 6-3 e 3-0 quando Korda, 11 posições abaixo e vencedor dos dois encontros mais recentes entre ambos, abdicou de continuar em court por causa de uma lesão no pulso direito.

O norte-americano foi assistido pelo fisioterapeuta do torneio ainda na segunda partida e desde o momento em que ficou com o pulso enfaixado que passou a apresentar claras dificuldades na execução da sua pancada dominante, esta terça-feira longe do nível dos quatro encontros anteriores (e em particular daquele que lhe deu uma vitória em três sets contra Daniil Medvedev).

Quanto a Khachanov, o moscovita estava a servir a um nível muito alto (venceu 80% dos pontos disputados com a primeira bola e disparou 12 ases) e apesar do ténis agressivo que o caracteriza (27 winners) conseguiu manter os erros não forçados controlados (18). Korda, por sua vez, cometeu 39 faltas não provocadas ao longo da 1h50 de encontro, muito superiores aos 18 pontos ganhantes que apontou.

Aos 26 anos, Karen Khachanov — que no domingo se tornou no nono jogador no ativo a chegar pelo menos aos quartos de final nos quatro torneios do Grand Slam — apurou-se pela primeira vez para as meias-finais do Australian Open, repetindo a campanha da última edição do US Open.

O vice-campeão olímpico terá como próximo adversário o vencedor da sessão noturna entre Jiri Lehecka e Stefanos Tsitsipas.

Total
32
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
32
Share