Nuno Borges e Francisco Cabral alcançam a segunda final de pares consecutiva em Challengers

Beatriz Ruivo/Del Monte Lisboa Belém Open

LISBOA — Primeiro em Braga, agora em Lisboa: Nuno Borges e Francisco Cabral qualificaram-se para a final de pares de um torneio do ATP Challenger Tour pela segunda semana consecutiva, desta vez ao derrotarem os alemães Fabian Fallert e Peter Heller pelos parciais de 6-2 e 6-2 no Del Monte Lisboa Belém Open, no CIF — Club Internacional de Foot-Ball.

A separá-los de um terceiro título em três finais (foram campeões em Oeiras, em março, e em Braga, no último fim de semana), Nuno Borges e Francisco Cabral terão os indianos Jeevan Nedunchezhiyan e Purav Raja, primeiros cabeças de série que impediram uma final 100% portuguesa ao darem a volta (4-6, 6-3 e 10-5) a Jaime Faria e Luís Faria.

No final do encontro, Nuno Borges foi perentório em afirmar a superioridade face aos germânicos, com Francisco Cabral a considerar esta exibição como “a melhor da semana”. “Nada vem por acaso. Os resultados estão a aparecer porque estamos cada vez mais entrosados. Temos mostrado a nossa qualidade”, disse Cabral.

Sobre a final, Nuno Borges mostrou ambição e cautela. “Muita gente diz que eles não são nada de especial, mas o certo é que já foram top 100 e  são os primeiros cabeças de série. Vamos ter de jogar bem outra vez para termos hipótese de ganhar”.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share