Cinco em cinco: Alison Van Uytvanck triunfa em Nur-Sultan e mantém registo imaculado em finais

A belga Alison Van Uytvanck é a primeira campeã do Astana Open, que teve este sábado a conclusão da sua primeira edição. A número 89 mundial teve de superar a favorita da casa, Yulia Putintseva (47.ª WTA), numa batalha entre as duas primeiras cabeças de série — foi a primeira final WTA entre as duas melhores cotadas desde Linz, em 2020, quando Aryna Sabalenka derrotou Elise Mertens — e que Van Uytvanck venceu ao fim de duas horas e 23 minutos, com os parciais de 1-6, 6-4 e 6-3.

O confronto direto entre ambas era claramente favorável a Putintseva, que tinha vencido os quatro embates anteriores frente a Van Uytvanck e procurava em casa — foi a 11.ª tenista a jogar uma final no país natal em 2021 — o segundo título do ano, depois de ter conquistado o troféu em Budapeste. As coisas começaram muito bem para a cazaque, que venceu o primeiro parcial em 26 minutos e de forma autoritária. Putintseva quebrou o serviço de Van Uytvanck por três vezes e perdeu apenas três pontos ao serviço durante o parcial, pelo que o controlo do encontro estava nas suas mãos.

O caminho de Alison Van Uytvanck até ao título:

  • R1: 6-3 e 6-4 vs. Zhibek Kulambayeva (524.ª WTA)
  • R2: 6-4, 3-6 e 6-4 vs. Anna-Lena Friedsam (131.ª WTA)
  • QF: 6-4 e 6-4 vs. Varvara Gracheva (88.ª WTA)
  • SF: 6-3 e 6-3 vs. Jaqueline Cristian (126.ª WTA)
  • F: 1-6, 6-4 e 6-3 vs. Yulia Putintseva (47.ª WTA)

A parte inicial do segundo set trouxe logo outro tipo de réplica de Van Uytvanck, que consumou o primeiro break a favor e se adiantou por 2-0. Putintseva respondeu muito bem, devolveu a quebra de serviço e eliminou dois break points para confirmar o terceiro jogo consecutivo e passar a liderar por 3-2.

Contudo, a melhor cotada já não estava tão segura ao serviço como esteve na primeira partida e Van Uytvanck foi feliz numa troca de breaks final. A belga fez o break para chegar ao 4-3, permitiu o contra-break de Putintseva, mas respondeu na mesma moeda e colocou-se a servir a 5-4 para vencer a segunda partida. A tenista de 27 anos ainda eliminou três break points e confirmou o triunfo no segundo parcial.

Com a final a fugir-lhe do controlo, Putintseva tentou rapidamente assumir uma vez mais as rédeas do embate e arrancou o terceiro set com um break que lhe permitiu chegar ao 2-0. Porém, foi sol de pouca dura e Van Uytvanck fez de imediato o contra-break. As duas tenistas permaneceram igualadas no parcial, até que a belga assumiu as despesas a partir do 3-3 e venceu os três jogos seguintes para confirmar o quinto título WTA da carreira.

A vitória em Nur-Sultan deixa Alison Van Uytvanck ainda com 100% de aproveitamento em finais a este nível, já que venceu as cinco que disputou. Antiga número 37 mundial, a tenista de Vilvoorde vai subir 35 posições no ranking WTA e instalar-se no 54.º posto. Yulia Putintseva, ex-número 27, vai subir três posições e ficar no 44.º lugar.

Todas as finais disputadas por Alison Van Uytvanck no circuito WTA:

[table id=107 /]

Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share