Mariana Campino entra com o pé direito e está na segunda ronda em Portimão

Beatriz Ruivo/FPT

A portuguesa Mariana Campino entrou a ganhar no Portimão Junior Open ITF U18 2021, no qual defende o estatuto de primeira cabeça de série do quadro principal feminino. A tenista de 18 anos, 512.ª no ranking mundial de juniores, foi um dos grandes destaques da jornada de segunda-feira, que marcou o arranque dos quadros principais da prova e que contou com vários tenistas portugueses em ação.

Campino foi a primeira a jogar no Court 2, diante da dinamarquesa Cecilie Agerbek Fridthjof. Apesar da réplica da tenista nórdica, 3223.ª classificada no ranking mundial do escalão, a tenista portuguesa fechou o triunfo em dois sets, com os parciais de 6-4 e 6-3. Na segunda ronda, Mariana Campino vai defrontar a qualifier britânica Francesca Davis, que derrotou a francesa Juliette Trunet por 6-2 e 6-0.

Ainda no quadro feminino, Mafalda Almeida também já está na segunda ronda. A jovem de 15 anos, que ocupa o 2715.º lugar no ranking, surpreendeu a checa Aneta Junova, 1798.ª na hierarquia e 16.ª cabeça de série, com os parciais de 6-3 e 6-4, e vai defrontar a espanhola Blanca Picó Navarro, que derrotou a portuguesa Laura Bettencourt por 6-0 e 6-1. Maria Pinto foi outra das vencedoras do dia, ao operar uma reviravolta diante de Marta Picó Navarro, com parciais de 6-7[5], 6-2 e 6-1, para marcar encontro na segunda ronda com a britânica Aryana Bartlett.

Apurada para a segunda ronda está também Maria Garcia, que consumou uma das grandes surpresas da jornada. A jovem de 15 anos, 1974.ª classificada no ranking de juniores, surpreendeu a terceira cabeça de série, a britânica Sashi Kempster (880.ª), com os parciais de 6-4 e 6-0. A mexicana Maria José Hernández Díaz é a próxima oponente de Garcia. Esta segunda-feira no quadro feminino foi ainda dia de vitórias para a luso-iraniana Sana Garakani (6-3 e 6-2 à belga Pauline Lerminiaux) e para Jéssica Para (6-4 e 6-1 a Georgia Kalamaris) e Angelina Voloshchuk (7-5, 2-6 e 6-1 a Kaia Kruus).

Apesar das várias vitórias portuguesas no quadro feminino, também houve quem não conseguisse seguir em frente. Beatriz Casaca foi derrotada por 6-1 e 7-5 pela polaca Julia Daroszewska, ao passo que Constança Azinhaga cedeu por 7-5 e 6-3 para a búlgara Yoana Dudova, quinta melhor cotada. Ana Moniz Pinto não conseguiu oferecer resistência à italiana Maria Gaia Meneguzzo e cedeu por 6-0 e 6-2, com Bárbara Brito a conseguir uma melhor resistência perante a mexicana Maria José Hernández Díaz, mas a acabar derrotada por 7-6[6] e 6-3. Raquel Rodrigues (0-6 e 0-6 frente à marroquina Amina Zeghiouli), Isabel Gonçalves (1-6 e 3-6 frente a Irene Fuster Hidalgo), Iara Guerreiro Gonçalves (0-6 e 3-6 diante de Sofia Carpi), Amália Suciu (7-5, 2-6 e 1-6 frente a Aryana Bartlett), Katarina Railean (1-6 e 0-6 frente a Valeria Avdeeva) e Inês Rodrigues (1-6, 6-3 e 4-6 frente a Hannah Hafez) também foram eliminadas.

Na vertente masculina também foram vários os tenistas “da casa” a entrar em ação. Guilherme Cruz e Rodrigo Fernandes garantiram o apuramento para a segunda ronda no Court 1, ao vencerem Tudor Batin (6-1 e 6-2) e Adrian Cristian Gheorghe (6-3 e 6-0), respetivamente. A eles juntou-se João Gonçalves, que derrotou Maxime Salesses no Court 2 por 6-4 e 6-1. Nos restantes courts do Clube de Ténis e Padel de Portimão, vitórias para Martim Sousa (5-7, 6-2 e 6-2 a Dylan Breen), Mathieu Dussaubat (6-4 e 6-4 a Tobey Lock) e Tiago Silva (7-6[6] e 6-1 a Matteo Lavizzari). Menos sorte tiveram os eliminados João Martins (3-6 e 2-6 frente a Markus Giersiepen García), Henry Salonen (1-6 e 0-6 frente a Jinpeng Tang), Filipe Krohn da Silva (6-1, 4-6 e 5-7 frente a Lukas Rais), João Portugal (3-6 e 6-7[8] frente a Nathan Trouve), Miguel Simão (1-6 e 1-6 frente a Alec Gaudin), José Freitas (0-6 e 4-6 frente a Florent Limani), Diego Fernandez da Silva (2-6 e 3-6 frente a Adrien Berrut) e André Stewart (2-6 e 2-6 frente a Charlie Robertson).

Também o quadro de pares femininos teve início esta segunda-feira. Analu Freitas e Angelina Voloshchuk estrearam-se com uma vitória por 6-3 e 6-2 sobre as francesas Cecily Cortes e Juliette Trunet. Na segunda ronda estão também Maria Pinto e Sofia Pinto, que venceram Hannah Hafez e Aneta Junova por 6-2 e 6-3, bem como Lara Gonçalves, que faz parceria com a lituana Tia Kaukenas e superou as portuguesas Carolina Mesquita e Jéssica Para por 2-6, 7-6[5] e 10-6. Bárbara Brito e Katarina Railean cederam por 6-4 e 6-3 para Maria José Hernández Díaz e Kaia Kruus, ao passo que Inês Rodrigues e Raquel Rodrigues foram derrotadas por 6-1 e 6-3 pelas espanholas Blanca Picó Navarro e Marta Picó Navarro.


Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
0
Share