Facundo Bagnis entra a vencer no Oeiras Open 3

Sara Falcão/FPT

OEIRAS – Num duelo entre canhotos, Facundo Bagnis (atual 110 do ranking ATP), segundo cabeça de série do Oeiras Open 3, começou com o pé direito a prestação na prova do Jamor. O argentino superou dificilmente o qualifier alemão Lucas Gerch (365.º), como comprovam os parciais de 3-6, 7-6(3) e 6-3 em 2h41.

Sem conseguir fazer qualquer mossa na resposta ao grande serviço do adversário, Facundo Bagnis demorou a entrar no embate e podia mesmo ter cedido na estreia do torneio português, já que além de ter resgatado o segundo set no tie-break, teve de recuperar de break abaixo em ambos os parciais que arrecadou.

Com a derrota de Roberto Carballes Baena no dia inaugural do quadro principal, o argentino ficou com o estatuto de principal favorito ao título e o historial em Portugal e no ATP Challenger Tour atestam as expetativas: das 27 finais na categoria (15 títulos, um dos jogadores com maior palmarés), três delas foram em Portugal, a última das quais neste mesmo palco quando, há pouco mais de um ano, cedeu no torneio de 125.000 dólares perante a estrela Carlos Alcaraz.

Para repetir a façanha, o tenista das pampas terá, para já, de ultrapassar o espanhol Nikolas Sanchez Izquierdo (279.º) na ronda seguinte. O jogador de 23 anos bateu o qualifier búlgaro Alexandar Lazarov (380.º) por duros 2-6, 6-2 e 6-4.

Nesta terça-feira, o belga Michael Geerts (243.º) tirou da competição Daniel Dutra Silva (quarto cabeça de série e 234 ATP) sem problemas de maior (6-2 e 6-4), ao passo que o suíço Johan Nikles confirmou o favoritismo (sétimo pré-designado e 260 da hierarquia) para derrotar o turco Ergi Kirkin (305.º) por 4-6, 6-3 e 6-0.


Total
8
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
8
Share