Seleção feminina +45 inicia repescagem do Mundial de Veteranos com triunfo

Francisco Melim/Federação Portuguesa de Ténis

ESTORIL – Um dia depois da desilusão frente à França, que impossibilitou a continuidade na luta pelo título mundial, a seleção feminina de +45 centrou atenções na luta pelo oitavo lugar da Margaret Court Cup do Campeonato do Mundo de Veteranos e começou a repescagem da melhor forma, depois da vitória face ao Canadá por 2-1.

A capitã Dominika Gorecka efetuou alterações nesta quarta-feira devido ao intenso desgaste da eliminatória do dia anterior (que durou cerca de 7 horas) e Sofia Prazeres, ex-152.ª WTA, foi poupada, já que frente às gaulesas somou um longo e saboroso triunfo e ainda participou no par decisivo. Magda Leal foi chamada ao encontro de singulares e correspondeu plenamente, vencendo Susie Lang-Gould por 7-5 e 6-4.

Coube à líder fechar o duelo e Dominika Gorecka, sem problemas de maior, superar Kanta Murali com os parciais de 6-2 e 6-3. No par – que as equipas podiam ter abdicado, pois a eliminatória estava sentenciada -, Magda Leal e Sandra Valente não voltaram a sorrir em conjunto, como na segunda-feira, e cederam para Jennifer Cherneski e Olga Tsymbal por 6-4 e 6-0.

Com o sucesso concluído, Portugal vai agora defrontar a Argentina – após a equipa sul-americana ter ultrapassado a Letónia por 3-0 – e a luta pelo oitavo lugar da Margaret Court Cup continua no horizonte.


Total
72
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
72
Share