Portugal +40 masculinos cilindra e está perto do 15.º lugar do Mundial de Veteranos

Francisco Melim/Federação Portuguesa de Ténis

OEIRAS – Num dia que pode ser importante para as cores portuguesas, com duas meias-finais nos escalões de +35, foi a seleção masculina de +40 a abrir as hostes das equipas da casa e fê-lo com distinção, ultrapassando a congénere turca por esclarecedores 3-0.

As vitórias de Mauri Brito Gomez (duplo 6-0 com Sedat Yalcinkaya), Matthieu Garcia (6-0 e 6-1) perante Ugur Oz) e do par João Marques e João Silva (6-0 e 6-3 contra Hakan Seremet e Sedat Yalcinkaya) mostram a superioridade portuguesa do primeiro ao último ponto da eliminatória.

A seleção de Portugal +40 masculina tem mostrado que se não tivesse jogado o ‘grupo da morte’ na fase regular – com três derrotas, mas todas elas no embate decisivo nos pares – podia ter alcançado outro resultado nesta Tony Trabert Cup do Campeonato do Mundo de Veteranos por Equipas.

O derradeiro encontro da equipa nacional será esta sexta-feira ou contra a Irlanda ou frente ao Canadá. Em jogo estará o 15.º posto no Mundial e caso seja o conjunto norte-americano o opositor – além de favorito, neste momento vai liderando – será uma reedição do duelo na fase de grupos onde a vitória sorriu ao Canadá numa maratona de nove horas.


Total
14
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
14
Share