Nuno Borges admite: “Hoje senti-me cansado e com muita dificuldade em concentrar-me”

BRAGANuno Borges chegou ao Clube de Ténis de Braga como primeiro cabeça de série do Braga Open, mas não conseguiu confirmar esse estatuto e após a derrota desta quinta-feira, na segunda ronda do quadro principal de singulares, reconheceu que não foi capaz de discutir o resultado com o brasileiro Matheus Pucinelli de Almeida.

“Hoje senti-me muito cansado e com muita dificuldade em concentrar-me em jogar ténis. Foi difícil do início ao fim e nunca consegui agarrar-me ao encontro”, explicou o número dois nacional em conferência de imprensa após perder por 6-2 e 6-4.

“Nos últimos dias vivi dias de muita tensão, o que não é desculpa, mas explica muito bem o que aconteceu hoje. Na terça-feira tinha dito que fiquei surpreendido pela positiva com a minha primeira ronda, mas hoje entrei logo mal e compliquei as coisas desde o início”, acrescentou Nuno Borges, que na próxima semana espera jogar o ATP 250 de Sófia, na Bulgária.

Atualmente no segundo lugar da lista de alternates para o quadro principal, no qual deverá conseguir entrada direta, o maiato é o primeiro cabeça de série do qualifying, pelo que a ida a jogo na capital búlgara está garantida. E espera que este seja o primeiro de vários torneios do circuito principal que consiga disputar ainda em 2022, ainda que o ranking que ocupa o faça falar num “calendário misto” entre ATPs e Challengers para as próximas semanas.


Total
38
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
38
Share