Gastão Elias vê adversário desistir em Montevideu e espera por lucky loser – que pode ser João Domingues

A sorte parecia não ter batido uma vez mais à porta de Gastão Elias (214.º), que esperava ter pela frente o principal candidato ao título do Challenger de Montevideu, mas o argentino Federico Coria anunciou esta segunda-feira a desistência da prova devido a lesão. Com um caminho teoricamente mais aberto pela frente, o número três nacional vai defrontar um lucky loser na estreia – que pode ser João Domingues (293.º), barrado na derradeira ronda do qualifying.

O oliveirense, que não conseguiu acesso direto ao quadro principal, iniciou o percurso com uma vitória contundente na fase de qualificação (por 6-0 e 6-2 frente a Juan Bautista Otegui, 429.º), mas não conseguiu esta tarde fazer jus ao estatuto de terceiro pré-designado desta etapa ao perder frente ao neerlandês Max Houkes (365.º), com uma reviravolta sofrida por 3-6, 6-3 e 6-4.

Por ser um dos quatro melhores cotados a ceder na segunda ronda do quadro de qualificação, Domingues mantém vivas as esperanças de seguir caminho na capital uruguaia, uma vez que entra no sorteio para ocupar a lacuna de Coria através do estatuto de lucky loser. A concretizar-se, um eventual embate luso entre Elias e Domingues será o terceiro entre ambos, após duas vitórias do mais cotado em 2017.

Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
2
Share