Djokovic supera Fritz e alcança final do ATP Finals pela oitava vez na carreira

Menos de 24 horas depois de ter resistido até ao fim de uma intensa batalha em que já nada estava em jogo, Novak Djokovic (8.º) regressou em grande ritmo à ação em Turim. O sérvio foi uma vez mais posto à prova pelo estreante Taylor Fritz (9.º), mas desta feita conseguiu resolver a situação sem recurso a trabalhos extra para inserir o nome pela oitava vez no derradeiro dia da grande decisão do ATP Finals.

Sem conseguir manter a liderança alcançada na fase intermédia do set de abertura, foi apenas no tie-break que Djokovic se conseguiu soltar de Fritz. O norte-americano reagiu de imediato e chegou a estar a servir para igualar o resultado, mas desperdiçou a chance de ouro – esteve a dois pontos do triunfo – e mais tarde, uma vez mais no tira teimas, o mais credenciado dos jogadores voltou a afirmar-se para celebrar por 7-6 (5) e 7-6 (6).

Novak Djokovic triunfa na primeira das meias-finais marcadas para este sábado em Turim e volta a inscrever o nome no último dia da competição que encerra a temporada a nível ATP. O jogador de Belgrado já só está a um êxito de igualar Roger Federer na estatística de títulos somados no ATP Finals, com seis conquistas, e pode fazê-lo diante de Casper Ruud (4.º) ou Andrey Rublev (7.º).

Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
2
Share