Borges e Cabral voltam a vencer lado a lado e Maia Open tem quatro duplas lusas nos quartos de final

MAIA — Os campeões em título Nuno Borges e Francisco Cabral entraram a ganhar no Maia Open e apuraram-se para os quartos de final de pares, ronda que contará com a participação de mais três duplas “da casa”. Na jornada desta quarta-feira ficou, aliás, garantida a presença de pelo menos uma delas na fase seguinte.

Principais candidatos à vitória no último torneio do ATP Challenger Tour desta temporada, o maiato e o portuense estiveram por baixo durante praticamente todo o primeiro set, mas acabaram por reencontrar as boas sensações para superarem o Nicolas Alvarez Varona e o cazaque Timofey Skatov por 7-6(4) e 6-2.

Com esta vitória, Borges e Cabral — que em 2021 venceram os dois Maia Open que fecharam aquela temporada — marcaram encontro com os compatriotas Jaime Faria e Duarte Vale, que horas antes venceram Denis Istomin e Evgeny Karlovskiy por 6-4 e 7-6(7).

Na mesma metade do quadro estão também apurados os irmãos Francisco Rocha e Henrique Rocha, que na véspera venceram outra dupla composta por irmãos (João Dinis Silva e Tiago Filipe Silva) para agarrarem o primeiro bilhete para os “quartos”.

Já na parte oposta do quadro, Fábio Coelho e Gonçalo Falcão saíram por cima do duelo com o compatriota Gonçalo Oliveira e o polaco Artsiom Dabryian por 6-2 e 6-4 e terão pela frente a dupla sensação desta temporada, formada pelos britânicos Julian Cash e Henry Patten, que desde o início da temporada de relva conquistaram nove (!) títulos Challenger lado a lado.

Total
20
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
20
Share