Gonçalo Oliveira apurado para os quartos de final em Monastir com reviravolta

Sara Falcão/FPT

O português Gonçalo Oliveira (478.º classificado no ranking ATP) garantiu esta quinta-feira a presença nos quartos de final do ITF de 15.000 dólares de Monastir, na Tunísia, com um triunfo suado e que envolveu uma recuperação no marcador.

Muito ao contrário do seu primeiro encontro em terras tunisinas, onde não sentiu um considerável grau de dificuldade, desta feita e perante o sul-africano de 21 anos Alec Beckley (695.º), foram necessários três sets para o terceiro cabeça de série carimbar o seu triunfo por 2-6, 6-3 e 6-4, em duas horas e 11 minutos.

Numa contenda com fases completamente distintas, o primeiro set foi controlado pelo tenista africano, que quebrou por duas ocasiões o serviço do tenista nacional, algo que se alterou por completo nos parciais seguintes: Gonçalo Oliveira aumentou o seu nível de jogo e registou dois breaks – perante um do seu oponente – que levaram tudo para uma terceira e decisiva partida, onde o portuense conseguiu a quebra decisiva no nono jogo garantindo, logo de seguida, o triunfo no encontro.

No caminho entre o jogador de 27 anos e um lugar nas meias-finais estará o alemão da mesma idade e sétimo pré-designado, Kai Wehnelt (622.º) que prevaleceu perante o seu compatriota, oriundo da fase de qualificação, Luca Wiedenmann (986.º) por 6-4 e 6-3. O atleta nacional vai também disputar, esta quinta-feira e juntamente com o também português, Valentim de Carvalho o acesso às meias-finais na variante de pares. Os segundos favoritos terão como oponentes o espanhol John Echeverria e o francês Nicolas Tepmahc.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
0
Share