Cinco portugueses na segunda ronda do quadro masculino em Leiria; Matilde Morais e Sana Garakani as únicas a vencer na prova feminina

Os quadros principais masculino e feminino do XXVI Internacional Júnior de Leiria arrancaram esta segunda-feira. De entre os vários tenistas portugueses em prova, apenas seis saíram vencedores nos respetivos embates da primeira ronda. Cinco dos atletas lusos a vencer foram integrantes do quadro masculino, ao passo que Matilde Morais foi a única tenista da casa a carimbar o passaporte para a segunda ronda na prova feminina.

O primeiro a carimbar o acesso à segunda ronda foi Martim Marujo, 2310.º classificado no ranking mundial de juniores. O tenista de 18 anos derrotou o espanhol Iván Pérez Martín, 1526.º na hierarquia mundial, por 7-6[6] e 6-4 no Court Central. O atleta luso tem agora encontro marcado com o britânico Roy Keegan, quarto cabeça de série e 511.º no ranking do escalão. Keegan derrotou o sueco Emilio Zielkowski por 6-3 e 6-3 no primeiro embate do dia no Court 1.

À mesma hora, mas no Court 2, Tiago Boschmans (na foto) também garantiu uma vaga na ronda seguinte. Sexto cabeça de série, fruto do 713.º lugar no ranking mundial, o tenista de 15 anos superou o suíço Arenui Luethi, 1675.º na hierarquia, por 6-4 e 6-4. A estreia com o pé direito vale a Boschmans o apuramento para a segunda eliminatória, onde vai defrontar o lituano Julius Augunas ou o português Júnior Ribeiro.

No Court 5, o dia também começou bem para as cores lusas. Diogo Morais, quinto cabeça de série e número 565 mundial de juniores, não teve problemas para derrotar o canadiano Sasha Rozin, 770.º no ranking. O tenista de 16 anos venceu por 6-3 e 6-2 e vai defrontar o britânico Phoenix Weir ou o português João Mineiro na segunda ronda. Ainda no Court 5, Luís Miguel Saraiva assinou uma das grandes vitórias portuguesas do dia. O tenista de 16 anos, 2037.º no ranking mundial, bateu o pé ao britânico Louis Bowden, 723.º classificado no ranking de juniores e sétimo cabeça de série em Leiria. Saraiva triunfou por 7-6[11] e 6-2 e aguarda pelo espanhol Carles Córdoba ou pelo português Nuno Pinheiro na ronda seguinte.

Regressamos ao Court 2 para nova vitória portuguesa, depois de Tiago Boschmans ter aberto o apetite. Filipe Krohn da Silva, 1309.º no ranking, passou por uma dura batalha de três sets frente ao britânico Josh Manuel, 889.º, mas venceu por 6-3, 2-6 e 6-3 e vai ter pela frente o espanhol Tomás Quesada Pérez, terceiro cabeça de série e número 469 mundial, que derrotou João Gonçalves (1947.º) por 6-3 e 6-2.

Os últimos triunfos luso desta segunda-feira surgiram no quadro feminino. Quinta cabeça de série, Matilde Morais — 790.ª no ranking — teve uma estreia arrasadora. A tenista de 16 anos cedeu apenas três jogos diante da sueca Elena Samuelsson (2427.ª) e garantiu o acesso à segunda ronda com os parciais de 6-1 e 6-2. No caminho de Morais segue-se a qualifier portuguesa Gabriela Matos ou a canadiana Scarlett Nicholson. Quem também triunfou foi a luso-iraniana Sana Garakani, oitava cabeça de série, que bateu Ana Moniz Pinto por 6-1 e 6-2.

A jornada desta segunda-feira teve ainda mais tenistas da casa em ação, mas que não conseguiram o apuramento para a ronda seguinte. Henrique Petiz, segundo cabeça de série e número 456 mundial, foi surpreendido pelo espanhol Mario Martínez Serrano (839.º) e cedeu por 6-2 e 7-5. Os restantes desaires lusos em singulares surgiram na prova feminina: Mafalda Almeida cedeu perante a britânica Isabelle Lacy por 6-1 e 6-0, Beatriz Paciletti da Costa perdeu por 6-1 e 6-3 frente à espanhola Andrea PalazonConstança Azinhaga cedeu por 6-0 e 6-2 para a espanhola Eva Álvarez Sandé Sofia Pinto foi derrotada pela búlgara Yoana Dudova por 6-4, 4-6 e 7-6[5].

Esta segunda-feira arrancou também o quadro de pares masculinos e com vitórias lusas. André AmaroDuarte Correia uniram esforços para derrotar Breno Rossetto Urvaneja e Emilio Zielkowski por 2-6, 6-1 e 13-11, ao passo que João Gonçalves e Martim Marujo bateram Alejandro Jacinto Barrientos e João Mineiro por 7-6[3], 5-7 e 10-6. Tomás Cortez e João Teixeira foram derrotados pelo português Vicente Preto e pelo chinês Jinpeng Tang por 6-2 e 6-1, ao passo que Júnior Ribeiro e o seu parceiro, o italiano Pier Gazzola, foi derrotado pelos israelitas Tom SorinAmit Weizman por 6-4 e 7-5.


Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
0
Share