Francisca Jorge e Nuno Borges com percursos definidos para a defesa dos títulos no Campeonato Nacional

OEIRAS — Pouco mais de um ano depois de se terem sagrado campeões nacionais no Porto, Francisca Jorge e Nuno Borges iniciam na quarta-feira a defesa dos títulos conquistados no Complexo de Ténis do Monte Aventino. O palco será o histórico Complexo de Ténis do Jamor, em Oeiras, que recebe pela primeira vez o Campeonato Nacional Absoluto/Taça Guilherme Pinto Basto na nave dos campos cobertos e que ao longo do ano serve de base de treinos para o maiato e a vimaranense.

Número um nacional e 386 WTA, Francisca Jorge defende o estatuto de primeira cabeça de série numa prova que conta com a presença das melhores tenistas nacionais da atualidade. Aos 21 anos, a vimaranense já soma quatro títulos de singulares e esta semana procura tornar-se apenas na quarta mulher a conquistar por cinco vezes consecutivas o Campeonato Nacional Absoluto.

A primeira a fazê-lo foi Leonor Peralta (campeã de 10 edições consecutivas, entre 1967 e 1976, e ainda em 1979, 1980 e 1982), depois seguiu-se Sofia Prazeres (que conquistou os seus nove títulos entre 1990 e 1998) e mais recentemente Maria João Koehler (2006 a 2013 e 2016).

Marcada para quarta-feira, a estreia de Francisca Jorge (que teve um bye na primeira ronda) neste Campeonato Nacional Absoluto será feita ou contra uma qualifier, ou contra Maria Santos — jovem da Escola de Ténis da Maia que é a atual vice-campeã nacinoal de sub 18 e este verão arrecadou dois títulos consecutivos no circuito mundial do escalão.

Campeonato-Nacional-Absoluto-2021-—-QP-Feminino

Nuno Borges chega ao Complexo de Ténis do Jamor com um troféu na bagagem — o de campeão de pares do Challenger de Tenerife ao lado de Francisco Cabral, com quem já disputou cinco finais a este nível só em 2021.

Para além do sucesso em pares, o maiato de 24 anos também atingiu os quartos de final em singulares (perdeu com Fernando Verdasco), um resultado que esta segunda-feira o catapultou para o 256.º lugar do ranking ATP. É a sua melhor classificação de sempre e está cada vez mais perto de se tornar no 15.º português a quebrar a barreira dos 250 primeiros.

Nuno Borges é o atual número seis nacional e será o grande favorito desta edição do Campeonato Nacional Absoluto/Taça Guilherme Pinto Basto. Se há um ano fez a festa perto de casa, no Porto, desta vez procura fazê-la na sua “nova casa” — o Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis passou a ser a sua base de treino no início desta época.

Caso vença, Nuno Borges será o 14.º homem a conquistar pelo menos dois títulos de singulares na prova rainha do ténis português e apenas o segundo jogador multi-titulado em atividade (o outro é Frederico Gil, vencedor em 2004, 2006, 2007 e 2019 e igualmente presente nesta edição). A defesa do título começará ou contra Pedro Libório ou um qualifier.

Campeonato-Nacional-Absoluto-2021-—-QP-Masculino


Total
38
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
38
Share