Nadal pára depois de Roland-Garros e falha Wimbledon pelo segundo ano consecutivo

Rafael Nadal apurou-se, esta sexta-feira, para a final de Roland-Garros pela 14.ª vez na carreira e tudo indica que o derradeiro encontro em Paris será o último das próximas semanas para o tenista espanhol de 36 anos, que não irá a Londres para disputar o torneio de Wimbledon.

A informação foi adiantada esta sexta-feira pelo jornal MARCA, que dá conta de que após a campanha em Roland-Garros, Nadal planeia parar para dar continuidade aos tratamentos da crónica lesão no pé esquerdo, a mesma que lhe tem levantado dúvidas em relação à vida no circuito.

O facto de, este ano, o torneio de Wimbledon não distribuir pontos (decisão tomada pelos circuitos ATP e WTA após a exclusão de tenistas russos e bielorrussos) terá ajudado à decisão do maiorquino, que no domingo poderá tornar-se no primeiro homem da história a conquistar 22 títulos de singulares em torneios do Grand Slam.

2022 será o segundo ano consecutivo em que Nadal desiste do torneio de Wimbledon, onde também não esteve em 2020, mas devido ao cancelamento por causa da pandemia de covid-19. A estas desistências junta ainda as de 2009 e 2016. A última final que o tenista espanhol disputou em Londres data de 2011, quando foi derrotado por Novak Djokovic.

Total
4
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Total
4
Share