Joana Baptista regressa em grande e coloca-se à beira do quadro principal em Cantanhede

Rui Costa Freire

A fase de qualificação do Cantanhede Ladies Open arrancou este domingo e uma das figuras da casa ficou mais próxima de se juntar às compatriotas já inseridas no quadro principal. Com entrada direta na fase prévia, Joana Baptista aproveitou o momento e evidenciou-se ao ultrapassar a ronda de abertura do evento português de 25.000 dólares.

A jovem lusa de 21 anos, que não competia no circuito profissional desde julho de 2021, regressou à ação em grande e foi com distinção que deixou para trás o primeiro obstáculo: ao fim de pouco mais de uma hora, aplicou os contundentes parciais de 6-0 e 6-2 para superar a norte-americana Baylen Brown. A um passo do quadro principal, vai discutir o passaporte com a segunda pré-designada do qualifying, Emily Webley-Smith (951.ª WTA).

Pelo caminho ficaram as outras duas portuguesas inseridas no quadro prévio, barradas por jogadoras argentinas: Matilde Agra não apresentou argumentos suficientes para contrariar o favoritismo de Sara Conde e cedeu por 6-1 e 6-1, ao passo que Maria Santos concluiu o percurso com um desaire por 6-2 e 6-3 diante de Maria Sofia Madrid Rocca.


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share