Gastão Elias eliminado na segunda ronda do qualifying de Wimbledon

Gastão Elias (183.º) completou esta quarta-feira a campanha no regresso ao torneio de Wimbledon ao fim de quatro anos, ao falhar o acesso à derradeira ronda da fase de qualificação do terceiro Major da temporada. O número três nacional saiu como derrotado do embate com o australiano Max Purcell (156.º) ao fim de pouco mais de uma hora, pelos parciais de 6-4 e 7-6 (4).

O lourinhanense até esteve a liderar com um break de vantagem no parcial de abertura, mas não soube gerir o domínio e num ápice viu o cenário dar a volta, já que com duas quebras sofridas perdeu o set. Elias ainda conseguiu levar a decisão a tie-break e colocou-se a três pontos de conquistar o parcial, mas Purcell foi mais eficaz e selou o triunfo.

Concluída a prestação na relva britânica com um triunfo somado, Gastão Elias adia o sonho de voltar a marcar presença no quadro principal após três anteriores presenças (2013, 2016 e 2018). Não tem paragem definida para a próxima semana e a 4 de julho regressa ao circuito secundário em Braunschweig, na Alemanha.

Nuno Borges (122.º) passa a ser o único português ainda com aspirações de se juntar a João Sousa no quadro principal de Wimbledon e luta neste momento pelo apuramento para a terceira ronda do qualifying diante do nipónico Hiroki Moriya (247.º).


Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
2
Share