Pedro Araújo desiludido após derrota no Oeiras Open 3: “Esperava mais da minha parte”

Sara Falcão/FPT

OEIRAS – Não foi o melhor dos dias no escritório para Pedro Araújo. O jovem lisboeta não conseguiu dar seguimento ao excelente triunfo na segunda-feira e acabou eliminado na segunda eliminatória do Oeiras Open 3 face ao polaco Daniel Michalski. No final, em conferência de imprensa, Araújo apareceu visivelmente desapontado com o desfecho do encontro e com o nível apresentado no Court Central do Complexo Desportivo do Jamor

“Não foi o melhor jogo da minha parte, mérito também para o adversário que foi muito sólido e jogou bem. Faltou um pouco mais de intensidade, as minhas bolas não estavam tão precisas e com tanta intensidade como na segunda-feira. Fui tentando algumas coisas diferentes, mas ele manteve-se muito sólido e foi difícil sair desse jogo. Esperava mais da minha parte, honestamente. Não criei muitas dificuldades no jogo dele e mesmo em bolas curtas não estava a finalizar bem. Achei que a um bom nível que provavelmente teria ganho”, analisou.

Ainda assim, o tenista de 20 anos deverá entrar pela primeira vez no top 600 mundial, pelo que a semana no Jamor foi “positiva”, com o triunfo na primeira ronda sobre Laurent Lokoli (que soma 45 vitórias em 2022, como momento de destaque. “Tenho mostrado que me consigo bater com jogadores com ranking claramente acima do meu [Michalski atua em Portugal no posto 268 e Lokoli no 243.º]. Falta fazê-lo em dias consecutivos. A minha desilusão vem daí, porque sei que consigo fazer melhor do que isto. É o que exijo de mim próprio”.


Total
28
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
28
Share