De Minaur, Kyrgios e Kokkinakis assinam semana histórica para os australianos em Atlanta

Alex de Minaur, Nick Kyrgios e Thanasi Kokkinakis escreveram, este domingo, uma página dourada para o ténis australiano ao conquistarem os títulos de singulares e pares no ATP 250 de Atlanta, nos Estados Unidos da América.

Mais de um ano depois da última conquista, Alex de Minaur (30.º ATP) derrotou o norte-americano Jenson Brooksby (43.º) em duas partidas, por 6-3 e 6-3, para erguer o sexto título da carreira ao mais alto nível e segundo em Atlanta, onde triunfou em 2019.

Num frente a frente entre dois jogadores que se destacam não só pelo ténis ofensivo, mas também pelas capacidades defensivas, De Minaur esteve sempre no comando e não só não cedeu por uma única vez o serviço, como converteu quatro dos cinco pontos de break que criou para colocar um ponto final nas aspirações de Brooksby, que nos dias anteriores eliminara os compatriotas John Isner (por seis vezes campeão da prova) e Frances Tiafoe.

Também no domingo, Nick Kyrgios e Thanasi Kokkinakis venceram os compatriotas Jason Kubler e John Peers por 7-6(4) e 7-5 para registarem a segunda vitória do dia (horas antes já tinham superado os norte-americanos Rajeev Ram e Jack Sock) e conquistarem o torneio de pares.

Foi a primeira final de pares 100% australiana no circuito ATP desde Hamburgo 2000 (Todd Woodbridge e Mark Woodforde venceram Wayne Arthurs e Sandon Stolle) e o torneio de Atlanta tornou-se no primeiro desde Bogotá a coroar campeões australianos em singulares e pares (na altura, Bernard Tomic conquistou o título individual e Sam Groth/Chris Guccione o coletivo).


Total
10
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Total
10
Share